Linguiça Blumenau é considerada patrimônio cultural imaterial de SC pela Assembleia Legislativa

Foto; Divulgação

O deputado estadual Napoleão Bernardes, por meio do Projeto de Lei 0252/2023, conseguiu a aprovação da alteração da lei 17.565/2018, declarando a Linguiça Blumenau integrante do Patrimônio Cultural Imaterial do Estao de Santa Catarina. A aprovação ocorreu nessa quarta-feira, durante sessão itinerante da Assembleia Legislativa, que ocorreu em Blumenau. Na oportunidade, o diretor da Olho Embutidos e Defumados, Luiz Antonio Bergamo, fez uma explanação sobre a história da Linguiça Blumenau.

De acordo com Bergamo, esse reconhecimento é muito importante, visto que somente 16 municípios catarinenses, em todo o Brasil, estão habilitados à produzir a Linguiça Blumenau, seguindo as características de um produto artesanal. Recentemente, o INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) deu o reconhecimento da Indicação Geográfica (IG) pra a produção de Linguiça Blumenau em apenas 16 municípios catarinenses, sendo um deles Pomerode. Essa foi uma luta da Associação das Indústrias Produtoras  de Linguiça Blumenau (ALBLU), da qual a Olho faz parte. Somente empresas que sigam determinados critérios e estando nesses municípios poderão colocar no rótulo o nome Linguiça Blumenau. Com isso, o nome Linguiça Blumenau ganhou maior valor agregado e visibilidade.

"A linguiça Blumenau é um dos produtos mais característicos do Vale do Itajaí. É uma iguaria reconhecida em todo país, que representa perfeitamente a qualidade e o jeito de fazer que tanto destacam a nossa região. E 2024 se torna um marco no processo de valorização da linguiça Blumenau, com a concessão da Indicação Geográfica e, agora, com a declaração como patrimônio cultural imaterial de Santa Catarina. É uma honra poder contribuir para a preservação da nossa história, cultura e tradição", enfatiza o deputado estadual Napoleão Bernardes.

Em 2014, a Olho foi a primeira do seu segmento a obter o selo SISBI (Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal – do Ministério da Agricultura). Somente empresas que tenham esse selo podem vender seus produtos para outros estados.  A Olho em 2024 completou 90 anos de existência e, desde que foi inaugurada, no século passado, busca manter viva a tradição dos colonizadores germânicos, elaborando criteriosamente embutidos e defumados artesanais, aliando novas tecnologias aos nobres sabores das requintadas tradições, originando produtos de altíssima qualidade.

José Carlos Goes

Sou locutor tendo atuado em várias emissoras de rádio em Blumenau por quatro décadas. Sou jornalista e trabalhei em vários jornais impressos. Sou blogueiro.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
header ads
header ads
header ads