Por questão de segurança, Prefeitura embarga obras privadas na Rua Hermann Huscher

Foto: Eraldo Schnaider

 Prefeitura de Blumenau, por meio das secretarias de Planejamento Urbano, Defesa Civil e Obras, esteve na manhã desta sexta-feira, 21, na Rua Hermann Huscher para analisar a situação dos prédios privados que seguem em construção no local.

A partir da análise dos órgãos municipais e também da Celesc, foi decidido pelo embargo de uma construção – a outra construção já estava embargada – até que ambas as construtoras providenciem os devidos reparos, tanto na situação da drenagem, como também na calçada e parte da pista.

“Não podemos colocar as vidas humanas em risco e, por conta disso, notificamos os proprietários sob pena de multa, para que ambos se mobilizem e providenciem os reparos, antes que algum colapso ocorra no local”, considera o secretário da Defesa Civil, Carlos Olímpio Menestrina.

Da mesma forma, o secretário de Planejamento Urbano, Éder Boron, fez questão de ressaltar a importância da segurança no local. “O que  o município está cobrando das construtoras, em caráter emergencial, é o zelo à segurança pública, por isso que ambas as construções seguem embargadas até que haja condições sem risco para pedestres, ciclistas e dos próprios condutores que circulam pela via”, garante.

Enquanto a situação não estiver contornada, o trânsito local segue com uma faixa de rolamento interditada ao trânsito, por questões de segurança. Inclusive a recomendação da Defesa Civil é que apenas veículos leves circulem no local até que uma solução seja executada. A Guarda Municipal de Trânsito irá mais uma vez reforçar a sinalização de trânsito no local, porém a Prefeitura solicita que a comunidade respeite os cones posicionados na via.

A circulação das linhas de ônibus do transporte coletivo está sendo avaliada pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) e também sofrerá alteração no itinerário enquanto a faixa de rolamento estiver interditada.

José Carlos Goes

Sou locutor tendo atuado em várias emissoras de rádio em Blumenau por quatro décadas. Sou jornalista e trabalhei em vários jornais impressos. Sou blogueiro.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
header ads
header ads
header ads