Blumenau conquista seis medalhas no Circuito Catarinense de Bocha Paralímpica

Foto: Divulgação

 Foram dois ouros, uma prata e três bronzes na competição realizada no fim de semana em Joinville

Blumenau participou da 4ª etapa do Circuito Catarinense de Bocha Paralímpica que aconteceu entre os dias 26 e 27 de agosto, em Joinville. A competição, que reúne os principais paratletas do Estado na modalidade, rendeu seis medalhas, sendo duas de ouro, uma de prata e três de bronze.

O técnico da equipe, Anderson de Souza, afirmou que a participação na competição foi importante para a preparação para o regional das Paralimpíadas Escolares e do Campeonato Brasileiro. "O foco foi dar ritmo de jogo aos escolares. Mas o adulto também nos surpreendeu trazendo medalhas e fazendo grandes jogos" destacou o professor. Os paratletas competem representando a Prefeitura de Blumenau, por meio das secretarias de Inclusão da Pessoa com Deficiência e Paradesporto (Seidep) e de Educação (Semed).

Resultados:

Ouro
- Gabriela Bonatti (BC2 feminino)
- Andréia Pórfiro (BC4 feminino)

Prata
- Kamila Eva Demetrio (BC2 feminino)

Bronze
- Daniela Zinke (BC1 feminino)
- Geovana Souza Kuster (BC2 feminino)
- Kaue Fernando Cruz (BC2 masculino)

Bocha Paralímpica
A bocha paralímpica é bastante similar à bocha convencional. O paratleta que lançar as bolas o mais próximo possível da bola branca, acumula mais pontos. A diferença na modalidade é o fato de ela ser praticada por atletas com diferentes graus de deficiência.

Ela se divide em quatro classes: BC1; BC2; BC3 e BC4. A primeira é composta por atletas com tetraplegia espástica de severa a moderada. A segunda segue o mesmo padrão, com a diferença de que o atleta pode impulsionar a cadeira de rodas manualmente. Já a BC3 é para pessoas que utilizam calha e um calheiro para realizar o jogo. E a BC4 é para paratletas que possuem diplegia de moderada a severa com controle mínimo nas extremidades das mãos.
José Carlos Goes

Sou locutor tendo atuado em várias emissoras de rádio em Blumenau por quatro décadas. Sou jornalista e trabalhei em vários jornais impressos. Sou blogueiro.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem