Com atletas já em Blumenau, modalidade do Parajasc é adiada por falta de árbitros

 

Foto: Bruno Collaço / Agência AL

Após criticar amadorismo, deputado Napoleão Bernardes promete providências contra o Estado
Em comunicado emitido na quinta-feira, 30, o Governo do Estado anunciou o adiamento das disputas do atletismo nos Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc) 2024. E o motivo é inusitado: falta de arbitragem.


A notícia pegou de surpresa e frustrou as expectativas de centenas de atletas de todas as regiões, que já estavam prontos para entrar na pista, em Blumenau, cidade que sedia a competição. De acordo com a Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), não há previsão de nova data para realização das provas.
Após tomar ciência sobre a decisão, o deputado estadual Napoleão Bernardes (PSD) ressaltou que levará o tema para debate na Assembleia Legislativa. "Esses paratletas se prepararam para esse momento, viajaram muitos quilômetros e acabaram tendo seus sonhos virando um pesadelo. São pessoas com deficiências física, auditiva, intelectual e visual. Esse despreparo da Fesporte é inaceitável".


Para o parlamentar, o Governo do Estado deve explicações imediatas à sociedade. "O esporte catarinense jamais havia presenciado tamanho amadorismo. Portanto, tomarei todas as providências necessárias para identificar responsabilidades e cobrar as medidas de reparo aos prejuízos morais e financeiros. Essa barbaridade não passará em branco".

OUÇA O ÁUDIO DE NAPOLEÃO BERNARDES AQUI:


Ouça "Com atletas já em Blumenau, modalidade do Parajasc é adiada por falta de árbitros" no Spreaker.
José Carlos Goes

Sou locutor tendo atuado em várias emissoras de rádio em Blumenau por quatro décadas. Sou jornalista e trabalhei em vários jornais impressos. Sou blogueiro.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem