Coutinho diz que os "modelos falharam", e anuncia seca a partir de março

Foto: ANDERSON COELHO/AFP/METSUL METEOROLOGIA. Fonte:  https://metsul.com/rio-do-sul-enfrenta-quinta-enchente-do-ano-e-segunda-maior-da-historia/ .

 No último dia 17 de Novembro foi registrada a segunda maior enchente na história de Rio do Sul, no Alto Vale do Itajaí. O nível recorde  da cheia foi atingido às 0h40 com 13,04 metros, só ficando atrás da grande enchente de 1983, quando o rio ficou em 13,58 metros, durante o Super El Niño de 1982-1983 que provocou enchentes catastróficas no estado catarinense.

A grande enchente em Rio do Sul veio após uma sequência de outras enchentes menores, que atingiram igualmente todo o Vale do Itajaí.  Todas com exceção dessa última em Rio do Sul foram previstas pelos meteorologistas com destaque para o agrônomo Ronaldo Coutinho do Clima Terra famoso por deter o maior número de acertos nas previsões meteorológicas.

Mas o que aconteceu que a enchente de Rio do Sul não foi antecipada a ponto de dar tempo para a população salvar seus pertences e a própria vida? 

O próprio Ronaldo Coutinho, em uma de suas participações no programa Microfone Aberto da Rádio Massa de Blumenau disse que “nenhum dos modelos rodados”, indicavam tanta chuva em Rio do Sul com a subida rápida do Itajaí Açu. 

Coutinho disse que foi uma das facetas do fenômeno El Nino que as vezes surpreende os meteorologistas. Ele disse que durante os meses de Dezembro, Janeiro e Fevereiro, o fenômeno deverá entrar na sua fase final. Haverá chuvas mas não há indicação de novas cheias. O período será marcado por temporais no final do dia, mas sem o registro dos altos índices pluviométricos como aconteceu durante os meses de Outubro e Novembro.

E a partir do mês de Março, conforme Coutinho, veremos o outro lado da moeda com a chegada do El Niña: a seca. Com isso os rios ficarão abaixo dos níveis normais e poderá haver falta d’água. 


José Carlos Goes

Sou locutor tendo atuado em várias emissoras de rádio em Blumenau por quatro décadas. Sou jornalista e trabalhei em vários jornais impressos. Sou blogueiro.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
header ads
header ads
header ads